Gostamos de desafios e a nossa resiliência para tornar o desconhecido conhecido nos posicionou entre as maiores produtoras de gás natural em terra do Brasil. Somos a única empresa privada de geração de energia do país com experiência em E&P (Exploração e Produção) e acesso a gás onshore (em terra).

Possuímos uma área total sob concessão superior a 50 mil km² nas bacias do Parnaíba (MA) e Amazonas (AM).

Atualmente possuímos nove campos declarados comerciais:

Cinco deles em produção:

(Gavião Real, Gavião Vermelho, Gavião Branco, Gavião Caboclo e Gavião Azul)

Quatro em desenvolvimento:

(Gavião Preto, Gavião Branco Norte, Gavião Tesoura e Gavião Carijó).

A companhia possui ainda sete Planos de Avaliação de Descobertas (PADs), sete blocos exploratórios adquiridos na 13ª Rodada de Licitações da ANP, em 2015, cinco blocos adquiridos na 14ª Rodada de Licitações da ANP, em 2017, e seis blocos adquiridos no primeiro ciclo da Oferta Permanente da ANP em 2019.

Além da Bacia do Parnaíba (MA), a Eneva opera o campo de Azulão, na Bacia do Amazonas (AM). O gás natural produzido no campo vai abastecer a usina termelétrica Jaguatirica II, em Roraima.

Exploramos e produzimos gás natural de acordo com a demanda das usinas. O gás não-associado onshore é mais competitivo em termos de custo de descoberta, desenvolvimento e produção por metro cúbico, resultando na geração de energia com custos mais atrativos para o sistema elétrico brasileiro.

35%

taxa de sucesso de poços pioneiros

293%

índice de reposição de reservas 2P na Bacia do Parnaíba (dez/19)

35,4 bcm

descobertos e certificados

+140

poços onshore perfurados

Nossos Números

Bacia do Parnaíba

  • Nove campos de gás natural declarados comerciais, sendo cinco em produção e quatro em desenvolvimento.
  • Área exploratória total superior a 40 mil km².
  • Infraestrutura própria e dedicada de abastecimento de combustível, com 203 km de rede própria de gasodutos.
  • 24,1 bcm de reservas remanescentes certificadas.
  • Capacidade de produção de 8,4 milhões de m de gás natural por dia.
  • Mais de 140 poços perfurados.
  • Taxa de sucesso de poços pioneiros de 35%.

Bacia do Amazonas

  • 1 campo de gás natural – Azulão.
  • 3,6 bcm de reservas certificadas.
  • Oferta Permanente oferece oportunidade de ampliação do cluster de Azulão após implantação da primeira usina termelétrica.
  • Plano de Desenvolvimento aprovado pela ANP.